Prosa Rural amplia o número de rádios parceiras e inaugura quadro especial com a extensão rural

O Prosa Rural chega a milhares de ouvintes do Brasil, inclusive para Manoel Rogério dos santos, morador da zona rural de Igaci, em Alagoas.Foto: Maria Clara Guaraldo

O Prosa Rural chega a milhares de ouvintes do Brasil, inclusive para Manoel Rogério dos Santos,morador da zona rural de Igaci, em Alagoas. Foto: Maria Clara Guaraldo

São mais de dois mil programas produzidos com a participação de pesquisadores, produtores rurais, jornalistas e outros colaboradores da Embrapa e instituições de pesquisa. Mais de mil e seiscentas rádios parceiras espalhadas por todas as regiões do País. Pelo rádio ou pela web (www.embrapa.br/prosa-rural), a boa prosa, com 15 minutos semanais de duração pode ser ouvida por milhares de pessoas, incluindo agricultores – principal público do programa, estudantes de escolas rurais, donas de casa, técnicos da extensão rural, sindicatos rurais, entre outros.

No ar há 11 anos, o Prosa Rural, o programa de rádio da Embrapa,  ampliou em 30% o número de emissoras parceiras e está presente em 1.280 municípios brasileiros, realizando importantes ações para o seu fortalecimento como estratégia de apoio às ações de transferência de tecnologia da Embrapa. A grade de programação dedicada à região Sul, por exemplo, passa a contar agora com um quadro especial: o Momento da Extensão Rural. Nesse novo quadro, a Emater do Rio Grande do Sul apresenta dicas práticas para o dia a dia do ouvinte do campo com tecnologias de fácil adoção pelo produtor rural. Essa parceria garante ainda a veiculação do Prosa Rural em mais 190 rádios parceiras da Emater no Estado no Rio Grande do Sul.

“A inauguração desse quadro marca a participação da extensão rural no programa, que já conta com outras importantes parcerias, como a do Serviço Florestal Brasileiro para a grade de programação da região Norte; e o Plano Brasil Sem Miséria, para a região Nordeste”, ressalta Selma Beltrão, gerente-geral da Embrapa Informação Tecnológica, Unidade coordenadora do Projeto. Dentre os programas especiais deste ano, destaca-se o do Plano Safra 2015/2016, gravado com o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias.

Por meio desse programa, os agricultores foram informados que terão disponíveis para o financiamento da agricultura familiar o valor de R$ 28,9 bilhões. “Uma oportunidade para o agricultor conhecer o passo a passo para conseguir o recurso do Programa Nacional para o Fortalecimento da Agricultura Familiar, o Pronaf, bem como a ampliação do seguro agrícola, as novas regras para a agroindústria familiar, além de informações importantes sobre a atuação da assistência técnica e extensão rural nas cinco regiões do Brasil”, explica ainda a gerente. O programa especial sobre o Plano Safra 2015/2016 foi enviado para as milhares de rádios parceiras em setembro e está disponível aqui .

Outra novidade é a inauguração de uma faixa especial que acompanha o CD enviado mensalmente para as emissoras com os quatro programas do mês. Essa faixa é produzida especialmente para a divulgação dos produtos e serviços que a Embrapa disponibiliza e que, por meio do Prosa Rural, pode dar maior visibilidade às tecnologias e serviços gerados pela Empresa e seus parceiros e que estão disponíveis ao público.

Apoio ao enfrentamento à crise hídrica no País

Este ano, o Prosa Rural também se somou às articulações governamentais para o enfrentamento à seca. No início do ano, foram disponibilizados no site  uma coletânea de programas sobre o uso racional da água. Temas sobre técnicas que preservam e aumentam a captação para o uso doméstico de água foram veiculados por emissoras parceiras, bem como informações sobre tecnologias para a produção e o uso de água na criação de bovinos, pequenos animais e peixes. Esses e outros temas relacionados ao uso racional da água na propriedade rural estão disponíveis no site do Prosa Rural.

Outro tema que ganhou programa especial este ano foi sobre o uso dos solos, em comemoração ao Ano Internacional dos Solos instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Parcerias ampliam número de emissoras

Como resultado da parceria da Embrapa com a Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), o Prosa Rural ampliou o número de rádios parceiras e passou a contar com mais 360 novas rádios transmitindo o programa. O esforço nesse trabalho de fortalecimento do programa por meio de novas parcerias também tem o apoio das 47 Unidades de pesquisa da Embrapa que atuam na produção do programa. São elas as responsáveis pela produção de entrevistas com os pesquisadores da Embrapa e instituições parceiras, com os produtores rurais e pela produção de quadros culturais e de receitas regionais. “Um caldeirão de informações, misturado com muita cultura regional”, destaca o supervisor do programa, Nilo Falcão, que acredita na valorização das diversidades como o diferencial do Prosa Rural.

Foto: Embrapa Tabuleiros Costeiros

Engajados, os jornalistas das Unidades também se dedicam à divulgação do projeto em suas Unidades. No dia 25 de setembro, quando se comemorou o Dia do Rádio, a Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju/SE), por exemplo, realizou a transmissão do programa ao vivo em sua Unidade e convidou radialistas tradicionais do Estado, além de especialistas, para falar sobre a importância do rádio em tempos de mídias sociais, para um público que ainda se mantem distante da internet e dos veículos tradicionais de comunicação.

Para o radialista Nicélio Leite, da Rádio Sertãozinho FM, de Major Isidoro, bacia leiteira do Estado de Alagoas, o Prosa Rural traz  informações importantes para os ouvintes da região. “Para nós é um prazer transmitir o programa, pois traz muitas informações, inclusive para os ouvintes da nossa região no  Semiárido. E eu tenho certeza que muitos ouvintes já colocaram em prática algumas das informações transmitidas pelo programa”.

Essa é a mesma crença do comunicador Alcione Santos, da Rádio Juazeiro FM, de Juazeiro do Norte (CE) que percebeu a importância de veicular informações validadas pela pesquisa sobre agricultura, depois que passou a transmitir o Prosa Rural. “Depois que passamos a veicular o Prosa, percebemos o quanto é essencial levar informações para os agricultores, uma informação de confiança que os ajude a resolver os problemas da lavoura e reforce o valor dessas pessoas que, há gerações, dedicam a vida ao trabalho rural”.

Este ano, o programa já executou 80% de sua grade de programação e contou com as seguintes participações: 160 pesquisadores; 150 produtores rurais; 75 jornalistas e 460 entrevistas, resultando na produção de 150 programas gravados, editados e mandados ao ar pelas ondas das mais de 1600 rádios distribuídas por todo o País. Atualmente, encontra-se em aberto o Edital para a seleção de novos temas para o ano de 2016. Para conhecer o edital acesse aqui.

Redação: Maria Clara Guaraldo – Mtb 5027/MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *