Coleção 500 perguntas 500 respostas lança título sobre o trigo

500_PERGUNTAS_Trigo_ed-01_2016_GRANDEEm linguagem simples e didática, a Coleção 500 Perguntas 500 Respostas lança título sobre o trigo, que responde perguntas relacionadas a diversos assuntos referentes à essa cultura (tais como melhoramento genético, manejo de solo, adubação, cultivares, doenças, pragas e qualidade tecnológica), os quais compõem as bases que permitiram os avanços alcançados por esse cereal no Brasil.

Continuar lendo

Acervos científico e tecnológico em bases digitais da Embrapa somam mais de 4 milhões de downloads em 2015

Daniely Lima - Sistemas de Acesso Aberto da Embrapa são fontes de pesquisda para a sociedade

Os repositórios de acesso aberto da Embrapa: Acesso Livre à Informação Científica (Alice) e Informação Tecnológica em Agricultura (Infoteca-e),  obtiveram juntos, em 2015, mais de 4 milhões de downloads (documentos e publicações baixados pela internet). Conforme resultados divulgados em janeiro de 2016, na primeira edição do Ranking Mundial Web de Centros de Pesquisa, elaborado pelo Conselho Superior de Pesquisa Científica da Espanha (CSIS), o Alice ocupa, atualmente, a 241ª posição entre os repositórios científicos de acesso aberto mais visitados no mundo, em um total de 2.297 avaliados. Na América Latina, está em 14º lugar de um total de 191 repositórios classificados, e no Brasil é o 7º mais acessado entre os 51 brasileiros classificados.

Continuar lendo

Ranking mundial destaca Embrapa entre portais de centros de pesquisa

portalO portal da Embrapa foi o melhor classificado entre os centros de pesquisa da América Latina na edição de julho de 2014 do Ranking Mundial Web de Centros de Pesquisa. Elaborado pelo Conselho Superior de Pesquisas Científicas da Espanha (CSIC), o estudo é divulgado duas vezes ao ano.

No ranking global, a Empresa aparece na 24ª colocação. No Continente Americano, está em 11º lugar, atrás apenas de instituições dos Estados Unidos. Entre os institutos de pesquisa agrícola no mundo, a Embrapa ocupa o segundo posto, uma posição atrás do Institut National de la Recherche Agricole (INRA), da França.

Continuar lendo